Elogio à beleza

A beleza é enganosa, e a formosura é passageira; mas a mulher que teme ao Senhor será elogiada. (Provérbios 31:30)
O teu trono, ó Deus, subsiste para todo o sempre;
Cetro de justiça é o cetro do teu reino.
Amas a justiça e odeias a iniqüidade;
Por isso Deus, o teu Deus, escolheu-te dentre os teus companheiros
Ungindo-te com óleo de alegria.
Todas as tuas vestes exalam aroma de mirra, aloés e cássia;
Nos palácios adornados de marfim ressoam os instrumentos de corda que te alegram.
Filhas de reis estão entre as mulheres da tua corte
À tua direita está a noiva real enfeitada de ouro puro de Ofir.
Ouça, ó filha, considere e incline os seus ouvidos:
Esqueça o seu povo e a casa paterna.
O rei foi cativado pela sua beleza;
Honre-o, pois ele é o seu senhor.
A cidade de Tiro trará seus presentes;
Seus moradores mais ricos buscarão o seu favor.
Cheia de esplendor está a princesa em seus aposentos;
Com vestes enfeitadas de ouro.
Em roupas bordadas é conduzida ao rei,
Acompanhada de um cortejo de virgens;
São levadas à tua presença. (Salmos 45:6-14)
Felizmente, para mim, não sou a única pessoa do mundo que demorou a encontrar uma esposa. Lembro-me em especial de um amigo, ex-colega de seminário, que também chegou aos 30 anos solteiro. E, como as pessoas não aguentam ver um seminarista solteiro, muitos tentavam arranjar uma pretendente para ele. “Vou te apresentar uma menina de Deus: crente, trabalhadora, que adora igreja!”
No entanto, na maioria das vezes, as pretensões amorosas terminavam no primeiro encontro. O motivo? Bom…qual o adjetivo que você não viu na descrição da pretendente? Pois é, ele não achava as meninas bonitas. E isso, claro, irritava os amigos que queriam “desencalhá-lo”. Ora, por que se importar com algo que é vão e passageiro, como ensina Provérbios?
O que ele respondia? Nada, mas ele dizia depois algo que considero ótimo. “Deus não coloca na Bíblia informações inúteis, se está lá, tem a sua razão de ser. Ele fala que Sara era formosa. Diz que Rebeca era formosa. Diz que Raquel era formosa. Fala da beleza de Ester. Ora, se beleza não tivesse nenhuma importância, por que ia ter tantas referências positivas a ela na Bíblia?”
Inimigos da beleza
Eu confesso que acho irretocável a resposta do meu amigo. A beleza é mencionada positivamente várias vezes na Bíblia e não apenas sobre mulheres. Davi e José, por exemplo, são apontados como homens bonitos. Mas, atualmente, parece que a beleza não é tão bem vista assim.
Quer ver um exemplo? Imagine uma garota “santa” ou um rapaz “santo”. Em algum momento você considerou a beleza como uma característica? Vou além: você considera “santa” uma pessoa que considera a beleza física um requisito importante para se casar? Aposto que noventa por cento dos leitores disseram não. Afinal, a santidade é algo tão elevado que é capaz de ignorar a beleza física e transitória e concentrar-se apenas no caráter da pessoa amada. No fundo, julgamos como superficial quem declaradamente se preocupa com isso.
E isso não se reflete apenas na beleza física. Você já viu como são os templos protestantes? “Ah, os edifícios de nada valem, o que importa é a caridade, o amor ao próximo”. Tudo bem, a misericórdia sempre será mais bela que um edifício. Mas esse tipo de visão desconsidera o valor da arquitetura como adoração. E hoje, muitos artistas e mesmo cidadãos comuns são levados a adorar ao Senhor quando olham para catedrais protestantes (sim, protestantes!) construídas de forma bela como uma oferta a Deus.
Bela, a Feia
Uma igreja sem estética
Mas essa postura tem um preço: a feiúra. Quando o mundo se pergunta pelo belo, vai buscar a resposta no cinema, nos meios de comunicação, na universidade, nos museus, na arte…as igrejas e Deus deixaram de ser um referencial estético para a sociedade. E isso é péssimo.
Considere o culto dominical. No passado, as igrejas contratavam músicos como Handel ou Bach. Compare a música produzida por eles com a que é executada todos os domingos nas igrejas evangélicas de hoje. Se tiver um teatrinho então…na maioria das vezes é de chorar. E quanto à liturgia propriamente dita, a ordem de culto? Na maioria das vezes, parece algo improvisado, feito sem cuidado, com avisos entrecortando a cerimônia e sem uma relação clara entre as partes. Se bobear, na hora da Ceia, os diáconos vão perceber que esqueceram de trazer alguma coisa. O português dos sermões é cada vez mais sofrível. Parece que a feiúra é algo agradável a Deus.
E o mesmo acontece com as pessoas! Vou contar uns casos e veja se não é verdade. Quantos bons homens você conhece que não estão sozinhos? Gente que estuda, trabalha, mas bem…não cuidam do corpo, não se preocupam com o que vestem, nem sabem o que significa perfume. O mesmo pode ser dito de ótimas mulheres…que se vestem como homens, não sabem usar maquiagem e se orgulham de não ligar para a aparência. E os dois lados sem se interessarem em parecer atraentes para o sexo oposto. Não querem saber como seduzir (no bom sentido), como ser femininas ou cavalheiros. E, claro, com mil dificuldades para achar alguém. A má teologia leva ao mau culto e traz problemas pessoais.
Trazendo de volta a beleza
A solução? Precisamos recuperar o ensino bíblico sobre a beleza. Precisamos parar de confundir “santo” com “feio” e “adoração” com “sofrimento”. Sim, o sofrimento faz parte da vida cristã e a beleza exterior é sim enganosa. Mas a adoração é, antes de tudo, um prazer. E a santidade é algo belíssimo.
Não é fútil ou carnal buscar aquilo que é verdadeiramente belo. E o silêncio da Igreja sobre o assunto é uma das causas que explicam o fato do mundo hoje não entender mais o que é beleza. Sim, como se a Bíblia não tivesse uma palavra para dizer sobre o assunto! Mas a nossa mudez leva a valorização do andrógino, do artificial (viva a plástica, viva o Photoshop) e do doentio (anorexia) como ideais de beleza. Ela explica porque a sociedade dissocia beleza de caráter e a arte passou a buscar o choque e o grotesco ao invés daquilo que é harmônico.
Anorexia: a Igreja também é culpada
Logo, não proponho aqui que nos curvemos aos padrões comerciais ou pecaminosos de beleza. Mas há uma diferença enorme, gigantesca, entre procurar conhecer e viver um padrão bíblico de estética e não ter a menor preocupação com isso. Se os “feios” de hoje o fossem por uma opção, por entenderem que esse é o modelo bíblico, eu entenderia. Mas a verdade é que a maioria deles não quer é se preocupar com isso. Caem no mesmo erro de suas igrejas e excluem o belo de suas vidas.
A beleza e o Evangelho
Mas, por que então Deus fala tanto de formosura na Bíblia, se ela, de fato, passa? Dê uma nova olhada no Salmo 45, que citei na abertura deste artigo (o ideal é lê-lo todo). Inicialmente o salmo seria cantado para o casamento de um rei de Israel com alguma princesa estrangeira. Seria uma música de amor, onde tanto a beleza do rei como da rainha são exaltados. Lendo o salmo todo, vemos que o rei é um herói, cheio de glória e majestade, cingido de espada, cavalgando, com vestes perfumadas, exalando mirra, aloés e cássia. A rainha cativou o rei com a sua beleza, com vestes bordadas e de ouro. O belo explode no salmo.
Mas ele não é apenas um salmo real. Em seu sentido último, o salmo é um cântico de adoração a Deus. O rei é Jesus, tanto que o autor da carta aos Hebreus aplica o salmo diretamente a Jesus:
Mas a respeito do Filho, diz: “O teu trono, ó Deus, subsiste para todo o sempre; cetro de eqüidade é o cetro do teu Reino. Amas a justiça e odeias a iniqüidade; por isso, Deus, o teu Deus, escolheu-te dentre os teus companheiros, ungindo-te com óleo de alegria”. (Hebreus 1:8-9)
E quem é a noiva? A igreja.
Regozijemo-nos! Vamos nos alegrar e dar-lhe glória! Pois chegou a hora do casamento do Cordeiro, e a sua noiva já se aprontou. Foi-lhe dado para vestir-se linho fino, brilhante e puro”. O linho fino são os atos justos dos santos. (Apocalipse 19:7-8)
“Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne”. Este é um mistério profundo; refiro-me, porém, a Cristo e à igreja. (Efésios 5:31-32)
Repare, porém, que o salmo 45 não separa a beleza exterior da interior, como nós fazemos. O noivo cavalga prosperamente, mas pela causa da verdade e da justiça (Salmo 45:4), ama a justiça e odeia a iniqüidade (Salmo 45:7) e seu cetro é de justiça (Salmo 45:6). A rainha é submissa ao marido (Salmo 45:11), a ponto de esquecer-se de seu povo anterior para tornar-se do povo do rei (Salmo 45:10) e é implícito que ela é virgem (Salmo 45:14). A beleza física, separada da espiritual, não é bela. A formosura desta vida é um símbolo daquilo que é, de fato, belo, que será manifestado por Jesus no dia do seu retorno.
Bela, a bela!

Quando, em amor, o homem se cuida para a sua mulher, e vice-versa, eles estão apenas espelhando o relacionamento entre Jesus e nós. Afinal, naquele Dia, Ele estará belíssimo e a Noiva também. Que seja com este espírito que nós possamos nos preocupar em refletir a verdadeira beleza retratada nas Escrituras:
Maridos, amem suas mulheres, assim como Cristo amou a igreja e entregou-se a si mesmo por ela para santificá-la, tendo-a purificado pelo lavar da água mediante a palavra, e apresentá-la a si mesmo como igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou coisa semelhante, mas santa e inculpável. (Efésios 5:25-27)
Gostaria de vê-los livres de preocupações. O homem que não é casado preocupa-se com as coisas do Senhor, em como agradar ao Senhor. Mas o homem casado preocupa-se com as coisas deste mundo, em como agradar sua mulher, e está dividido. Tanto a mulher não casada como a virgem preocupam-se com as coisas do Senhor, para serem santas no corpo e no espírito. Mas a casada preocupa-se com as coisas deste mundo, em como agradar seu marido. (1 Coríntios 7:32-34)
Louvado seja o Senhor, o único que é verdadeiramente Belo em si mesmo!
Graça e paz do Senhor,
Helder Nozima
Barro nas mãos do Oleiro
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s