Uma teologia "infeliciana"

Para quem gosta de polêmicas, essa semana foi “ótima”. Começou na segunda-feira, quando o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) disse no programa “CQC” que namorar com mulheres negras seria uma “promiscuidade”. Piorou quando ele, ao se desculpar, afirmou ter entendido errado a pergunta feita por Preta Gil, achando, na verdade, que era sobre namorar gays.
As declarações já seriam um farto material para alimentar polêmicas a semana toda. Mas tem gente que não aguenta ver o circo pegar fogo e não participar. Parece que não suporta ver todos os holofotes iluminando uma idiotice e quer provar que a sua estultícia e ignorância são ainda maiores. E, mesmo admitindo não saber o que o outro disse…outro deputado resolveu abrir a boca e falar bobagens.
E, então, o pastor Marco Feliciano (PSC-SP) resolve dizer que os africanos são acompanhados por uma maldição desde os tempos de Noé e que “A podridão dos sentimentos dos homoafetivos levam (sic) ao ódio, ao crime, à rejeição”. Não contente, ele ainda se diz feliz porque a polêmica o tornou mais conhecido, entre outras barbaridades.
Um desavisado pode pensar que é assim que pensam os cristãos no Brasil. Mas isso não é verdade. Os verdadeiros protestantes pensam conforme a Bíblia ensina. E as Escrituras contrariam os ensinos “infelicianos” do pastor Marco.
A maldição de Canaã
Comecemos com a declaração de que os negros africanos (ele não inclui os brancos) e seus descendentes são herdeiros das maldições lançadas em cima de Canaã, filho de Cam, filho de Noé. A primeira coisa que devemos nos lembrar é que Cam não foi amaldiçoado, mas somente o seu filho Canaã:

Despertando Noé do seu vinho, soube o que lhe fizera o filho mais moço e disse: Maldito seja Canaã; seja servo dos servos a seus irmãos. E ajuntou: Bendito seja o SENHOR, Deus de Sem; e Canaã lhe seja servo. Engrandeça Deus a Jafé, e habite ele nas tendas de Sem; e Canaã lhe seja servo. (Gênesis 9:24-27)

A primeira coisa que deve ser notada é que os egípcios e etíopes são descendentes de Cam e não de Canaã. Feliciano afirma que Canaã representa todos os descendentes de Cam, o que não é verdade. Os camitas geraram nações poderosas, como o Egito, o que torna absurdo concordar com Feliciano quando ele tuita:

A maldição q Noe lança sobre seu neto, canaã, respinga sobre continente africano, dai a fome, pestes, doenças, guerras étnicas!

Nos dias bíblicos, tanto o Egito como a Etiópia foram nações poderosas. E qualquer leitor do Antigo Testamento sabe que o povo de Israel, o povo escolhido por Deus, também foi alvo de guerras, pestes, doenças…e que os israelitas foram escravos no Egito!
Os descendentes de Canaã foram os povos que habitaram a Palestina até os dias de Moisés e Josué, quando os israelitas começaram a conquistar Canaã. Quem conhece um mínimo de geografia bíblica vai perceber que os cananeus eram asiáticos e não africanos!

Canaã gerou a Sidom, seu primogênito, e a Hete, e aos jebuseus, aos amorreus, aos girgaseus, aos heveus, aos arqueus, aos sineus, aos arvadeus, aos zemareus e aos hamateus; e depois se espalharam as famílias dos cananeus. E o limite dos cananeus foi desde Sidom, indo para Gerar, até Gaza, indo para Sodoma, Gomorra, Admá e Zeboim, até Lasa. (Gênesis 10:16-19)

Sidom fica no atual Líbano e é associada aos fenícios. Gaza é a nossa Faixa de Gaza, lá no sul da Palestina. Os heteus habitaram o Oriente Médio. Logo, os amaldiçoados não moravam na África!
Os cananeus moravam na Palestina, e não na África!
Todos estes povos ou foram destruídos na campanha israelita de conquista da terra de Canaã. Os que sobreviveram acabaram se casando com os israelitas e seus descendentes podem ser achados no meio dos semitas de hoje (como os judeus). Aliás, Jesus Cristo era descendente da cananéia Raabe (Mateus 1:5)!
Seria Jesus Cristo um maldito para Marco Feliciano?
Todos os povos são malditos
Contudo, biblicamente falando, ser amaldiçoado não é um “privilégio” exclusivo dos cananeus. Brasileiros, japoneses, judeus, alemães, russos, árabes, índios, chineses…todos compartilham da mesma situação. Afinal de contas a Bíblia amaldiçoa todos os que pecam:

Todos quantos, pois, são das obras da lei estão debaixo de maldição; porque está escrito: maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas escritas no Livro da lei, para praticá-las (Gálatas 3:10)

Quando pecamos, por ação ou omissão, é porque não permanecemos dentro do ensino bíblico. E todos os seres humanos, exceto o próprio Jesus, pecam.

pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, (Romanos 3:23)

Que se conclui? Temos nós qualquer vantagem? Não, de forma nenhuma; pois já temos demonstrado que todos, tanto judeus como gregos, estão debaixo do pecado; como está escrito: Não há justo, nem um sequer, não há quem entenda, não há quem busque a Deus; todos se extraviaram, à uma se fizeram inúteis; não há quem faça o bem, não há nem um sequer. (Romanos 3:9-12)

Um africano não é mais pecador aos olhos de Deus do que um brasileiro ou um norueguês. Aos olhos d’Ele, todos nós somos malditos que precisam fazer as pazes com Deus, se arrepender e serem salvos por Jesus Cristo. O pensamento de Feliciano fere não apenas a simples leitura de Gênesis: também nega o fundamento da doutrina da salvação. Não se trata apenas de um simples erro, é uma heresia.
Homossexualismo: raiz de todos os males?
Mas este não é o único erro de Feliciano. Eu sou cristão e reitero que o homossexualismo é sim um pecado contra o qual devemos pregar. Jamais direi que a conduta ou o desejo homossexual não são pecaminosos. Todavia, a mentira, o adultério, a pornografia, o racismo e o ódio aos homossexuais também são pecados que devem ser combatidos. E, diga-se de passagem, embora o diabo seja o pai da mentira (João 8:44), ninguém diz que a mentira é a mãe do ódio, do crime e da rejeição, como Feliciano fez com os homossexuais. (Embora, na verdade, a mentira seja sim a mãe de todos os pecados, já que o diabo mentiu para levar Adão e Eva a caírem!).
Se a fala de Feliciano fosse verdadeira, então não haveria ódios, crimes e rejeição em meios heterossexuais. Mas é só olharmos para o Irã, um país que, segundo seu presidente, não existe homossexualismo…para vermos que lá também acontecem pecados e crimes que escandalizam o mundo todo. Basta visitarmos um presídio e vermos quantos criminosos são heterossexuais. Ou então nos sentarmos com nossos amigos e amigas e vermos o ódio brotando de corações heterossexuais por causa de problemas heteroafetivos.
E aqui cabe o mesmo raciocínio usado com os africanos: homossexuais e heterossexuais precisam igualmente da graça de Deus e de salvação. Eu posso não ter nenhum desejo homossexual, mas sou pecador e maldito todas as vezes que penso na mulher alheia ou rio de uma piada que denigre uma mulher. Um heterossexual que fornica antes do casamento e vê pornografia precisa desesperadamente de perdão e salvação em sua sexualidade, assim como um homossexual ou um marido que sente o desejo de trair a sua esposa.
Assim como um grupo étnico não é superior ou inferior a outro, atrevo-me a dizer que nenhum ser humano pode se considerar santo, por si mesmo, em sua sexualidade. Todos nós, sem exceção, somos falhos aos olhos de Deus e precisamos de Jesus Cristo para nos salvar de nossos pecados sexuais. Há sim diferentes graus de pecado sexual, mas todos eles nos levam ao inferno e destroem a nossa vida! Logo, todos carecemos desesperadamente de Jesus.
Feliciano é sim homofóbico em sua declaração. E se esquece de que o verdadeiro problema é que o pecado mora em todos nós, independente de gênero, preferência sexual, etnia, religião dos pais ou qualquer outra variável.
Jesus: a solução para todos
Só há um antídoto para tal teologia “infeliciana”: Cristo Jesus. Ele veio trazer salvação a todos: brancos, negros, amarelos, azuis com bolinhas verdes, homossexuais, heterossexuais, bissexuais, homofóbicos, heterofóbicos…e até homens como Marco Feliciano também podem ser salvos e transformados por Jesus.

Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação. Porquanto a Escritura diz: Todo aquele que nele crê não será confundido. Pois não há distinção entre judeu e grego, uma vez que o mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. (Romanos 10:9-13)

Todos os que buscarem a Jesus, pedindo salvação de seus pecados, serão aceitos. Não importa se o pecador é um homossexual ou um homofóbico, Cristo pode salvar os dois.
Pode ser que nesta vida não consigamos viver uma vida perfeita, sem lutas contra o pecado. Assim como eu luto contra vários pecados, inclusive sexuais, há sim cristãos, salvos em Cristo Jesus, que lutarão eternamente contra o homossexualismo e a homofobia. Da mesma forma, assim como venci vários pecados ao longo de minha vida, haverá sim cristãos completamente libertos tanto do homossexualismo como da homofobia. Cristo é poderoso para vencer qualquer pecado.
E este é o meu conselho para Bolsonaro, para Feliciano, para mim mesmo e para qualquer ser humano: volte-se para Jesus! Reconheça o seu pecado, confesse suas iniqüidades, arrependa-se, creia em Jesus, receba-O como seu Senhor e viva uma nova vida, para glorificá-Lo acima de tudo! Este é o único Caminho que pode salvar a todos nós.
Graça e paz do Senhor,
Helder Nozima
Barro nas mãos do Oleiro
Anúncios

One thought on “Uma teologia "infeliciana"

  1. marco feliciano é uma fantasia!

    o conteúdo de suas mensaguens mostra o “culto a personalidade” como marca registrada do povo que o acompanha.

    acho que vou defini-lo aqui com uma frase que o caio disse para um defensor da teologia relacional:

    “PENSA QUE PENSA”

    Tá na hora do povo que curti isso cordar: como pode um homem que se diz “cheio do espirito, proferir palavras tão pesadas.

    e não é a primeira vez é em todas as vezes que ele entra numa polemica.

    Essa sua linguaguem pagã e mundana prova: alí tem de tudo menos evangelho!

    Continuo com minha ferramenta para discernir quem é e quem não é. embora ninguem seja perfeito a começar por mim, esses da midia passam dos limites.

    da vergonha até de dizer que ele é impio.

    tem muito impio aí na midia que tem pelo menos…ÉTICA E EDUCAÇÇÃO BASICA!!!!!!!!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s